Instagram Brasil

Instagram Brasil @instagrambrasil


http://community.instagram.com/

Olá mundo! Hoje o #diadafofura apresenta Rhea ( @rhea_thenakedbirdie), uma periquita muito especial que perdeu todas as penas quando tinha dois anos. Ela tem uma doença típica dos psitacídeos que impede que as plumas cresçam novamente. Amigos de todo o mundo tricotaram este suéter meigo para garantir que ela tenha sempre algo aconchegante (e novinho) para arrasar. Siga a @rhea_thenakedbirdie para saber mais sobre a Rhea e ver o que ela anda aprontando! Seu bicho de estimação está no Instagram? Use a hashtag #diadafofura e ele pode aparecer aqui no @instagrambrasil! Foto de @rhea_thenakedbirdie
A partir de hoje, você terá a opção de compartilhar a reprodução do seu vídeo ao vivo no Instagram Stories. Agora, mais amigos e seguidores poderão ficar por dentro do conteúdo que você criou. Uma vez que a transmissão for concluída, você poderá tocar no botão “Compartilhar” na parte inferior da tela para adicionar a reprodução ao seu Instagram Stories por 24 horas. Você também poderá tocar na opção “Descartar” e o vídeo ao vivo desaparecerá do aplicativo como de costume. Quando alguém que você segue compartilhar uma reprodução, você verá um botão "Play" abaixo da foto de perfil dessa pessoa na barra de histórias. Toque nele para assistir ao vídeo, ver os comentários e as curtidas da transmissão original. Desde a disponibilização dos vídeos ao vivo em novembro, milhões de pessoas utilizaram o recurso para se conectarem com amigos e seguidores de maneira autêntica. Agora, é possível compartilhar essas experiências com ainda mais pessoas. Saiba mais sobre as atualizações de hoje no help.instagram.com. Estas atualizações estão disponíveis como parte da versão 10.26 do Instagram para iOS na App Store da Apple e para Android no Google Play.
Aos 19 anos, a modelo trans Ariel Moura ( @mourariel) dá uma lição de autenticidade e amor-próprio. “A cada dia a gente aprende algo novo, mas um ensinamento que eu sempre levo comigo, em qualquer lugar onde vou, é ‘seja você mesma’,” explica. Nascida em Belo Horizonte, ela acredita que ter cultivado uma boa autoestima e ter mantido as amizades certas foram dois fatores essenciais durante sua adolescência. “Sempre fui bem resolvida comigo mesma e a autoconfiança que eu passava funcionava como um escudo. Também tive amigas, que levo até hoje, que fizeram com que o terrível período do ensino médio fosse bem agradável.” Com uma rotina de castings, ensaios fotográficos e desfiles, Ariel separa alguns minutos do dia para compartilhar seus looks e makes no Instagram. “Eu definiria meu estilo como hi-low. Adoro misturar peças vintage que eu garimpo em brechós com roupas modernas achadas nas lojas de fast fashion.” Foto de @mourariel
“Gosto de descrever meu feed como um espaço de ‘fotografias com bicicletas’, o que para mim é muito diferente de ‘fotografias de bicicletas’. Minha ideia é a bicicleta estar sempre presente, mas apenas como uma espécie de assinatura. É o mais próximo de conceito que já atingi. Coloco uma fotografia diferente todos os dias por volta das dez da noite e não sou tão metódico em absolutamente mais nada na minha vida,” explica Rodrigo Meireles ( @atumacaco). Entre as curiosas imagens que ele costuma clicar nos passeios de bike, muitos registros dos arredores da sua cidade natal, a bela Torres Vedras, na costa de Portugal. Velhos negócios desativados, estações ferroviárias, zonas industriais, graffitis, paredes, turbinas eólicas, adegas de vinho e casas abandonadas são algumas das paisagens favoritas deste professor de português. “Mas, no fundo, o que gosto mesmo de fotografar é qualquer coisa que ainda não tenha fotografado.” Foto de @atumacaco
A comunidade de Instagrammers Brasileiros e de língua portuguesa está sempre surpreendendo e temos cada vez mais momentos incríveis para compartilhar. Toda semana, postamos algumas das nossas fotos preferidas. Para participar, use a hashtag #achadosdasemana. Foto de @paulaccortezz
A comunidade de Instagrammers Brasileiros e de língua portuguesa está sempre surpreendendo e temos cada vez mais momentos incríveis para compartilhar. Toda semana, postamos algumas das nossas fotos preferidas. Para participar, use a hashtag #achadosdasemana. Foto de @robertowandrade
A comunidade de Instagrammers Brasileiros e de língua portuguesa está sempre surpreendendo e temos cada vez mais momentos incríveis para compartilhar. Toda semana, postamos algumas das nossas fotos preferidas. Para participar, use a hashtag #achadosdasemana. Foto de @thiago.lopez
A skatista profissional Lizzie Armanto ( @lizziearmanto), de 24 anos, está compartilhando suas habilidades e locais favoritos em nossa história no Instagram. Veja agora mesmo como seguir a aventura da Lizzie pela Califórnia. Foto de @lizziearmanto por @burnout
Hoje o #diadafofura apresenta @chloes.crew, uma turminha linda de fofuras lá de Recife! Belinha, Kika, Rex, Chloe e Arya, dois huskies que moram com seus três amigos vira-latas! Para acompanhar as aventuras dessa galera siga @chloes.crew Seu bicho de estimação está no Instagram? Use a hashtag #diadafofura e ele pode aparecer aqui no @instagrambrasil! Foto de @chloes.crew
Acontece hoje o lançamento do Arquivo, um novo recurso que permite mover publicações que foram compartilhadas anteriormente para um espaço no qual só você pode visualizá-las. Seu perfil é uma representação de quem você é e evolui com você ao longo do tempo. Com o Arquivo, você tem maior flexibilidade para compartilhar seu perfil enquanto preserva momentos importantes. Para arquivar uma publicação que já foi compartilhada, toque em “...” na parte superior da publicação e escolha “Arquivar”. Você poderá vê-la quando tocar no ícone do Arquivo no canto superior direito do seu perfil. Dessa forma, poderá revisitar essas publicações a qualquer momento e ver curtidas e comentários anteriores feitos por amigos. Se você mudar de ideia em relação a uma publicação arquivada, toque em “Mostrar no perfil” quando quiser e ela será exibida em seu lugar original. Com essa atualização, você tem agora um espaço só seu, onde poderá revisitar momentos sem a necessidade de mantê-los em seu perfil. Para saber mais sobre o Arquivo, confira help.instagram.com. Estas atualizações estão disponíveis como parte da versão 10.21 e superior do Instagram para iOS na App Store da Apple e para Android no Google Play. Vídeo de @yelldesign
Ao longo de quase dois anos no comando da marca de bonecos personalizados Major Tom ( @bonecos.majortom), a arquiteta gaúcha Andi Rosés já representou mais de duzentos casais apaixonados. “Sempre fui uma pessoa meio nostálgica, daquelas que ficam revendo fotos antigas e relembrando os momentos. O bonequinho também é uma maneira de registrar um momento. Saber que alguém vai olhar para aquele pedacinho de madeira e lembrar do seu casamento é uma honra muito grande para mim, chego até a ficar emocionada,” diz. Feita sob encomenda, cada peça leva de duas horas até um dia inteiro para ser confeccionada. “Crio com base nas fotos que os clientes mandam. Peço fotos de rosto e das roupas que mais dizem respeito à personalidade da pessoa. Sempre friso que é muito importante escolher com carinho cada ‘look’. Meus bonequinhos são bem minimalistas, por isso essa etapa é crucial.” #vivendominhapaixão #DiadosNamorados Foto de @bonecos.majortom
Na véspera do dia dos namorados, o #Bomdia é especial e vem lá do Espírito Santo! Mal podemos esperar para descobrir lugares incríveis com você! Use a hashtag #bomdia para nos mostrar por onde você anda. Foto de @xavier.born
“Não é fácil sobreviver em um país com uma das maiores taxas de homicídio para LGBTs de todo mundo,” conta o paulistano Jhonatas Silva ( @jhows_), de 25 anos e que criou o rainbows🌈project, com fotos de membros da comunidade LGBT. “Os retratos entram como um manifesto de autoafirmação, onde o arco-íris estampa nossa condição e cria um diálogo sobre aceitação, orgulho e, acima de tudo, resistência.” Apesar de já ter tirado diversos retratos, Jhonatas acredita que está apenas iniciando sua jornada com o rainbows🌈project: “Espero fotografar mais meninas, retratar pessoas de faixas de idade bem diferentes e ter pessoas trans participando do projeto,” diz. Foto de @jhows_
A comunidade de Instagrammers Brasileiros e de língua portuguesa está sempre surpreendendo e temos cada vez mais momentos incríveis para compartilhar. Toda semana, postamos algumas das nossas fotos preferidas. Para participar, use a hashtag #achadosdasemana. Foto de @photobarbaracunha
A comunidade de Instagrammers Brasileiros e de língua portuguesa está sempre surpreendendo e temos cada vez mais momentos incríveis para compartilhar. Toda semana, postamos algumas das nossas fotos preferidas. Para participar, use a hashtag #achadosdasemana. Foto de @vmiura
A comunidade de Instagrammers Brasileiros e de língua portuguesa está sempre surpreendendo e temos cada vez mais momentos incríveis para compartilhar. Toda semana, postamos algumas das nossas fotos preferidas. Para participar, use a hashtag #achadosdasemana. Foto de @oluizaranha
Chris de Bode ( @chrisdebode) passou os últimos seis anos de olho ( #EyesOn) nos sonhos de crianças de pelo menos uma dúzia de países, do Afeganistão até a Índia, México, Moçambique e outros. Durante o trabalho em seu projeto "I Have a Dream" (Eu tenho um sonho), para a organização Save the Children da Holanda, Chris fotografou inúmeras crianças e se encontrou envolvido em um tema comum. "Todos nós temos sonhos", diz o fotógrafo e cineasta de Amsterdã. "Mas alguns de nós conseguem sonhar mais alto do que outros. Algumas das crianças que conheci não passavam os dias delas fantasiando. Estavam ocupadas sobrevivendo." Enquanto isso, não é acidental o fato de o título do projeto ecoar o discurso mais famoso de Martin Luther King Jr. "As palavras dele estão registradas em nossa memória coletiva", salienta Chris. Quanto aos seus próprios sonhos, Chris manifesta uma esperança tanto nobre quanto humilde: "Quando se compreende uma pessoa de um ponto de vista pessoal e compreende o contexto em que ela vive, é muito mais fácil fazer uma ligação com ela. E essa é a minha meta — tornar as pessoas mais sensíveis ao mundo em torno delas." Foto de @chrisdebode
No #diadafofura de hoje apresentamos o Jam, um exótico gato de pelos curtos. Apesar da roupinha de marinheiro da foto, ele é um macho que curte ficar na dele, apesar de viver com outros dois gatos. Um típico lobo solitário em forma de gatinho! Siga @achikochisochi para ver mais fotos e vídeos do Jam. Use a hashtag #diadafofura para participar da brincadeira no Clube do diadafofura e compartilhar fotos e vídeos de animais fofos e dos seus amados animais de estimação! Foto de @achikochisochi
#bomdia com uma cena relaxante e exótica do Marrocos. Até parece até um miragem! Mal podemos esperar para descobrir lugares incríveis com você! Use a hashtag #bomdia para nos mostrar por onde você anda. Foto de @lucaspinhel
"Meu nome é Alencar Reinhold ( @alencarreinhold), tenho 23 anos, sou de Joinville, Santa Catarina, mas moro em São Paulo. Cabelos cor de fogo, bailarino de formação, modelo e estudante de atuação. Sou um artista! Quando criança, meus cabelos ruivos e minhas sardas sempre chamaram muita atenção e, principalmente na escola, me rendiam muitos apelidos indesejados. Cabelo de fogo, fósforo, abóbora, curupira e outros. Tais apelidos me faziam detestar a cor dos meus cabelos e ter vontade de pintá-los de preto. O fato de ser garoto, gostar de dançar e ser o único menino no grupo de dança da escola também era visto como algo esquisito, fora do normal. Mas o que é normal, afinal? Normal é ser você mesmo e fazer o que gosta! Correr atrás dos sonhos e não se importar com o que pensam sobre isso. Cresci dançando, trabalhei muito o corpo, estudei muito e continuo estudando, pois ser artista é uma constante busca por novas informações. Já atingi vários objetivos e realizei alguns sonhos. Sou artista profissional! Hoje em dia meus cabelos e minha dança são meus motivos de maior felicidade e orgulho. As experiências e sensações que eu vivi constroem o artista que sou. Sou grato a todos que acreditam em mim. E até àqueles que zombaram de mim quando criança, pois vi na zombaria mais um motivo para continuar dançando e fazendo arte. Três pessoas por quem gostaria de expressar gratidão: 🙌 @mgbz12 minha mãe, por sempre estar ao meu lado, acreditando em mim e me motivando quando preciso. 🙌 @escola_bolshoi e todos os meus professores, por terem me dado a base e plantado em mim aquela sementinha que o artista tem de sempre querer mais 🙌 @linesballet por ter me encantado com a sua filosofia, a qual levo comigo pra vida: ser verdadeiro consigo mesmo e acreditar em si antes de qualquer coisa." Foto de @juliadohler